NAPOCTEP participa na 30 edição da FEHISPOR, a histórica feira com a melhor seleção de conteúdos luso-espanhóis

NAPOCTEP expôs suas boas práticas de promoção de marca durante a reunião de projetos organizada pelo Programa Interreg POCTEP

 

Bruxelas, 21.11.2019-. Esta manhã começou FEHISPOR, a histórica feira de Badajoz na qual cada ano são apresentados os melhores conteúdos espanhóis e portugueses nas instalações da IFEBA – Feira Badajoz. Das 9:30h às 14:30h teve lugar um Encontro de Projetos de Turismo Interreg Espanha-Portugal, no qual foi realizada uma sessão de networking e boas práticas para capitalização de resultados entre diversos projetos do programa.
No encontro estiveram presentes Nuno Pomar, coordenador do CIM-RC COIMBRA -entidade beneficiária principal de NAPOCTEP- e José Manuel Requena, representante da Fundação FINNOVA -também beneficiária do projeto-. Ambos expuseram as boas práticas do projeto NAPOCTEP e deram uma palestra sobre a marca “Rotas napoleônicas na Península Ibérica”.
Requena apresentou NAPOCTEP como um projeto que busca obter a marca ‘Destination Napoleon‘ do Conselho da Europa.  O seu principal objectivo é consolidar uma rota turística e patrimonial entre a Comunidade de Castela e Leão e o Centro de Portugal, com o eixo temático da época napoleónica.  O projecto é co-financiado em 75% pelos fundos do FEDER da União Europeia.
NAPOCTEP continuará presente na feira no estande do Programa Interreg Espanha-Portugal, exposto na seção TURIBERIA. Esta seção trata-se do primeiro espaço temático sobre turismo hispanoluso, no qual se apresentam diversos projetos relacionados com destinos de turismo e patrimônio. Os visitantes poderão conhecer em primeira mão o projeto de rotas napoleônicas até o dia 24 de novembro, data em que termina a feira.
A cada ano são acolhidos mais de 225 expositores e cerca de 30.000 visitantes. Além de TURIBERIA, a feira conta ainda com outros salões temáticos que refletem a cooperação entre Espanha e Portugal, tais como o Salão da Gastronomia hispanolusa, a Feira de San Mateo de Elvas ou o Salão da Artesanato.